Quinta-feira, 1 de Março de 2012

A ilegalidade da Indústria Farmacêutica ou como ser a Santa Casa...

Cocó na Fralda, abordou uma polémica que me tem feito pensar e sobre a qual me tem apetecido escrever. Vai daí , aproveitei o meu comentário ao post dela e tiro este prego do peito.


O nosso ministro da Saúde e o próprio INFARMED dizem que a atitude da Roche, por ter decido cortar o fornecimento a 23 hospitais devedores, é ilegal. Vejamos o exemplo de alguém com uma mercearia, que tem que comprar o produto, pagar os empregados, água luz, limpeza, impostos, contabilidade, etc, e as pessoas a quem vende os bens não pagam. E depois vem alguém, cheio de razão, dizer que a mercearia não pode deixar de vender a quem não paga que é ILEGAL (esta até deu vontade de rir), porque as pessoas têm que comer... Imagine-se a situação em que os senhores governantes deixariam de receber da fonte que eles próprios representam: o Estado. Quantos meses teriam ele que continuar a trabalhar sem receber? Dez meses, mais de 20, para sempre? E, se ao fim de poucos meses, eles decidissem que, sem ganhar, deixariam de trabalhar, poderíamos nós dizer que é ilegal, que sem governantes (ou desgovernantes?), o país entraria em ruptura (faltará muito?) e que, possivelmente, algumas pessoas morreriam, por diversos motivos. E que, por ser ilegal, eles teriam que trabalhar de borla o tempo que fosse necessário.

Há quem ache que a indústria farmacêutica (IF) ganhou rios de dinheiro, mas basta ver, na Exame, as 500 maiores empresas para constatar, de facto, a indústria farmacêutica ganhou tanto - ou menos - como tantas outras; como o turismo, como a imobiliária, como a automóvel, como o petróleo, como os escritórios de advogados, como a indústria alimentar, como tantas fábricas, como tanta empresa pública. E quê? E agora tem que estar meses sem receber um tostão e não bufar? E continuar a comprar matéria prima, pagar os transportes (que os medicamentos não voam até aos hospitais), os empregados, a logística,  os impostos (sim, apesar de o estado não pagar, os impostos já foram pagos e, caso não tivessem sido, haveria penalizações!!).


A indústria farmacêutica anda a pedir dinheiro aos bancos para sobreviver, e as taxas de juro são elevadas. Infelizmente, não há poços sem fundo...


E, como alguém já disse, emprega muita gente. Já empregou mais... E há-de empregar menos ainda, com tanto corte... Não há cú que aguente! (desculpem a linguagem)

publicado por fraufromatlantida às 15:00
link do post | mergulhar | favorito
2 comentários:
De nuno a 1 de Março de 2012 às 20:43
olá. Eu não tinha lido esta notícia, da Roche mas vi qualquer coisa no rodapé da televisão. Apesar de deverem dinheiro a Roche acho que devia ser obrigada a fornecer na mesma, os medicamentos aos Hospitais, porque está em causa a saúde das pesssoas . Não havendo fornecimento, vai colocar muitas pessoas em risco de vida. Hoje em dia, faz-se tudo em troca do dinheiro e acho isso mal. Quantas vezes se lêm notícias de pessoas que não são operadas por não terem dinheiro ou que deixaram de se tratar por não terem dinheiro, para se tratarem..eu se fosse médico, iria ajudar muitos doentes. Hoje em dia o dinheiro comanda tudo. Eu por exemplo, se tivesse uma farmácia e se pudesse, faria 50 por cento de desconto aos idosos com dificuldades ou até daria os medicamentos. Eles ganham tanto dinheiro, os das farmácias que podiam ajudam quem necessitasse. Eu estou bem, apenas estou afastado da leitura de blogues. O meu computador anda a cair muito e em alguns blogues, noto que pesam muito o compuitador, quando os leio. Dos blogues da sapo, nem tenho muita queixa, acho-os leves para o meu computador. mas estou bem. A Frau está bem? pode-me tratar por tu. beijos
De fraufromatlantida a 2 de Março de 2012 às 10:14
Olá Nuno,

Infelizmente, não posso concordar. Era fantástico se vivessemos num mundo perfeito, em que tudo surgisse com um simples estalar de dedos, mas as coisas não são assim. As empresas são isso mesmo, empresas. E têm que ter lucro para continuar abertas. Imagina que eras médico. E que quase nenhum doente te pagava. Mas várias vezes ficavam internados na tua clínica. Tinhas que os alimentar, dar medicamentos, lavar, mudar a cama e lavar roupa, manter o espaço limpo, ter aquecimento no inverno e ar condicionado no verão, fazer tratamentos. Tudo isto custa muito dinheiro. Como é que tu continuavas a tratá-los se eles não te pagavam? Com que dinheiro é que compravas comida, medicamentos, pagavas empregadas, enfermeiros, água, luz, gás, etc? Ok. Pedias um empréstimo. Mas depois, como pagavas as prestações do empréstimo? Com que dinheiro? Por muito boa vontade e bom coração que tivesses, era impossível, percebes? E empresas como a Roche já tiveram boa vontade muitos meses (o governos está com quase 2 anos de atraso!!!), mas chega uma altura em que é insuportável, entendes? Porque eles também têm que comprar os medicamentos,e pagar às pessoas, etc.
Beijinho e bom fds.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar na Atlântida

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.mergulhos recentes

. Não ter onde cair morto -...

. O encontro com "myself"

. Voltando à história do ca...

. Troika negoceia Verão com...

. O meu dia de ontem...

. Sobre a adopção por casal...

. Sou Benfica!!!!

. Afinal deu frutos!

. A Peregrinação

. Acerca dos (escandalosos)...

.arquivos

. Setembro 2014

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. A Gaffe recortada

. Quem é que estava velho, ...

.atlantes

.Mergulhadores

blogs SAPO

.subscrever feeds