Terça-feira, 8 de Novembro de 2011

"Expresso do Ocidente"

Não foi publicado hoje, mas vem bem a propósito! Frederico Pinheiro escreveu no Sol de 1 de Abril deste ano (e não, não é mentira), o seguinte:

 

 

Os trabalhadores da CP – que hoje estão mais uma vez em greve, nomeadamente, contra os cortes salariais –, têm vencimentos anuais muito acima da média portuguesa. De acordo com a folha salarial da CP a que o SOL teve acesso, um inspector-chefe de tracção recebe 52,3 mil euros, há maquinistas com salários superiores a 40 mil euros e operadores de revisão e venda com remunerações que ultrapassam os 30 mil euros por ano.

 

No total, os trabalhadores da CP dispõem de 195 itens que contribuem para ‘engordar’ a sua remuneração variável no final do ano. O número atípico de apoios, ajudas e subsídios tem contribuído para que a empresa engrosse a factura com remunerações. Em 2009 foi de 104,5 milhões de euros anuais (segundo os últimos dados disponíveis).

 

«O salário dos maquinistas, por exemplo, engloba abonos de produção, subsídios fiscais, ajudas de custo e subsídio de agente único», explica fonte oficial da empresa pública. «Só por se apresentar ao trabalho, cada maquinista recebe mais de seis euros por dia, devido ao subsídio de assiduidade».

 

Os diversos subsídios são resultado das negociações entre as várias administrações que têm passado pela empresa e os sindicatos de trabalhadores ao longo dos anos. Ao todo, representam mais de metade – 54,3% – dos encargos totais com salários.

Apenas em subsídios de condução, a CP gasta cerca de quatro milhões de euros, aos quais se juntam 2,4 milhões de euros em prémios de condução e 3,3 milhões de euros em prémios de chefia.

 

«O tempo médio de escala dos maquinistas é de oito horas por dia, num total de 40 horas semanais. Mas, em média, o tempo de condução está entre as três e as quatro horas diárias», sublinha a mesma fonte.

 

Já as diuturnidades (subsídio por antiguidade) custam 3,3 milhões de euros à empresa e os gastos o pagamento por trabalho em dias de descanso não compensados ascendem aos 4,5 milhões de euros.

 

Os trabalhadores da CP estão em greve às horas extraordinárias até ao final de Abril, devido ao anúncio de 815 despedimentos no grupo e aos cortes salariais exigidos pelo Governo. A CP prevê «fortes perturbações» na circulação de comboios, durante o dia de hoje.

 

Também no Metropolitano de Lisboa, outra empresa detida pelo Estado, existem vencimentos de luxo. Há uma secretária administrativa que recebeu 64,6 mil euros em 2009, dos quais 5,7 mil dizem respeito a subsídios de carreira administrativa.

 

No total, existem 14 técnicos superiores que ganham mais do que os vogais do conselho de administração. Um destes técnicos auferiu 114 mil euros em 2009, mais 42 mil euros do que o chairman.

 

Hoje está a chover  e a temperatura desceu bastante. Cheguei com mais de uma hora de atraso, mas vim de carro. Fica-se com os cabelos em pé, resmunga-se com toda gente , aproveita-se para pintar as unhas, mas não se está na rua, sujeito a intempéries, na esperança de conseguir um buraquinho para chegar ao trabalho a meio da manhã, ou quando Deus quiser, e a greve permitir.

 

E sinto-me indignada. Porque, apesar de também ser contemplada com o corte no subsídio de Natal deste ano, de quererem que trabalhe mais meia hora por dia (o que não deixa de ser curioso, pois trabalho mais que isso, com fins-de-semana e feridos incluidos, sem ganhar mais um tostão e sem direito a folga de compensação) e por o meu patrão, aqui na empresa, estar também a instituir cortes. Mas nós, na privada, não temos direito a greve. Há certos direitos que só os tem a função pública... E voltamos ao mesmo! Que isto e que aquilo, que não são eles os responsáveis pela crise, e coitadinhos, vão chorar ali para o canto e fazer greve.

 

E, com isso, lixam a vida a milhares de trabalhadores do privado, muitos deles com o salário mínimo, que têm que fazer de gato-sapato para ir trabalhar, porque não têm direito a abébias! E que estão, também, revoltados com a sua situação do país, mas que têm que contestar para dentro e chorar sozinhos. Porque isto não está para malucos e, quem tem emprego, mesmo que seja à noite, a ganhar o ordenado mínimo e ir de transportes, têm que o aguentar, comer e calar.

 

E porque, neste país, se continua a olhar só para o umbigo próprio...

 

publicado por fraufromatlantida às 11:20
link do post | mergulhar | favorito
4 comentários:
De nuno a 8 de Novembro de 2011 às 12:59
olá! sempre se soube, que os trabalhadores da Cp, os trabalhadores da Petrogal e outras empresas, que ganham muito bem. O que eu tenho pena é que existem muitas pessoas a trabalharem muito e que se esforçam há anos e anos e que ganham 500 euros ou menos. as melhoras dos pezitos... com um bom pé-elástico e descanso ( quando é possível descansar ) isso vai ao sítio...tem de ir. força ! beijos
De fraufromatlantida a 9 de Novembro de 2011 às 10:17
Olá Nuno!
Pois... eu não sabia. E quando comentei com alguém, respondeu que era impossível terem esses ordenados. Pelos vistos, há muita gente que não sabe quanto ganham esses senhores.
E sim, tesn toda a razão no que dizes; por isso, me senti tão revoltada quando o Américo Amorim, a propósito de os ricos poderem contribuir com um imposto extraordinário, responde que não é rico, é trabalhador!! Ora, isto para mim, foi como levar uma bolada no nariz: para além de doer muito, põe-nos a chorar, mesmo que não queiramos. Porque é ofender uma grande parte dos trabalhadores deste país, que suam as estupinhas para ganhar o ordenado mínimo. E este tipo vem dizer uma coisa destas!! Quem nos dera que isso fosse uma relação directa: rico=trabalho!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar na Atlântida

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.mergulhos recentes

. Não ter onde cair morto -...

. O encontro com "myself"

. Voltando à história do ca...

. Troika negoceia Verão com...

. O meu dia de ontem...

. Sobre a adopção por casal...

. Sou Benfica!!!!

. Afinal deu frutos!

. A Peregrinação

. Acerca dos (escandalosos)...

.arquivos

. Setembro 2014

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. A Gaffe recortada

. Quem é que estava velho, ...

.atlantes

blogs SAPO

.subscrever feeds