Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012

Nova Iorque em 5 dias - dia 1

Quase passados 2 meses, consegui, finalmente, reunir fotos e textos. A descrição que faço da viagem é algo detalhada, com bastantes dicas, o que me ajudará a mim, daqui a uns anos, quando a memória começar a falhar (ainda mais), permite, a quem já foi, reviver algumas coisas, a quem está para ir, poderá servir como guia complementar aos 500 mil que se lêem para planear a viagem (eu, pelo menos, li bastante, e fui construindo a "nossa" viagem) com uma ideia do que o espera e do que poderá fazer, e para quem nunca irá, fica o perfume.

 

Dia 1

 

O check-in foi feito on-line, 48 horas antes. Vimos aqui que o drop-off poderia ser feito até 60 minutos antes. Quando lá chegámos, felizmente cerca de 1 hora e 35 minutos antes do voo, dizem-nos que, afinal é hora e meia antes. Ia morrendo de stress!!

 

Chegámos a Newark uns minutos antes do previsto. A viagem, num A320, decorreu sem incidentes e passou rápido, entre revistas e filmes (o avião tinha video on demand, por isso aproveitei para ver 3 filmes que ainda não tinha visto, mas fiquei enjoada, felizmente só no último – Prometheus).

 

Na alfândega, a seca habitual; era Sábado e, não sei se por isso, apenas um quarto das cabines estava a funcionar. Perdemos logo 2 horas! Depois de termos pesquisado várias empresas de serviço de shuttle e de termos constatado que, além de caro, poderíamos perder ainda mais tempo, decidimos ir de comboio. Podíamos ter apanhado logo o airport train no terminal B, mas a parva da segurança disse que tínhamos que ir de autocarro até ao C; só no regresso percebemos que não. O airport train é “gratuito” (na verdade, só podemos sair da estação comprando o bilhete do Amtrack, pois é com ele que se passa a cancela). O Amtrack até Penn Station custa 12,5 dólares por pessoa e leva 15 minutos até à estação. Quando comecei a ver NY ao longe, faltou-me a respiração: estava mesmo ali!!

 

Penn Station é caótica mas, em NY, quem tem boca vai a todo o lado. Por vezes não é, sequer, necessário perguntar nada. Se tivermos ar de quem anda perdido, ou se estivermos com um mapa nas mãos, eles vêm logo ter connosco a perguntar se precisamos de ajuda. Esta foi, para mim, uma das grandes surpresas da Big Apple: eles são extremamente simpáticos e comunicativos!

 

Estação inferior da 145th St (que tem 2 níveis de estação, com comboios a passarem por cima e por baixo), que passou a ser "the way home"

 

Seguimos as indicações para as linhas 1, 2 e 3 Uptown e comprámos o metro-card de 7 dias, apesar de ficarmos apenas 5. Cada um custou 29 dólares e compensou bastante, dado que cada viagem de metro custa 2,5 dólares. Ia com o coração nas mãos, porque apesar de nos terem garantido que o apartamento ficava num sítio calmo e seguro, Harlém tem a reputação de “bad neighbourhood”.  O apartamento (arrendado em VRBO.com) ficava na 137th st, por isso andámos 2 quarteirões desde o metro. Foi pacífico. O dono já nos tinha dito que tinha havido um problema que impedia que lá ficássemos, mas que tinha arranjado uma alternativa ali perto.  Estávamos um pouco ansiosos. Levou-nos numa carrinha a cair de podre (eu fui lá atrás sentada num banquinho!!) e levou-nos ao novo apartamento – Sugar Hill Harlem Inn. Respirámos fundo: não estávamos a ser raptados! Explicou que o preço seria o mesmo que iríamos pagar no dele (420 dólares) e devolveu os 150 que já tínhamos transferido. Quando nos explicou que ali não era apartamento, mas sim quartos, tivemos o primeiro baque. Quando nos mostrou que íamos ficar no meio da sala, literalmente, num sofá cama, caiu-nos tudo! Olhávamos um para o outro, dissemos ao homem que não estávamos à espera de dormir no meio de uma sala, com portas de vidro, que era também o local do pequeno-almoço. Depois de os ânimos refreados e de o meu homem desistir de sair porta fora com as malas para ir procurar outro local, “instalámo-nos” e saímos novamente, em direcção a Times Square. Que mundo! Ficámos deslumbrados. Ele, que detestava tudo o que significa USA, ficou rendido. Quando a fome apertou, tentámos jantar no Hard Rock, mas a espera era de 1 hora e o cartão de cliente, pelo qual ele pagou não sei quanto e que, supostamente lhe daria prioridade para mesa, foi substituído por outro, gratuito, mas que só podia ser requisitado via net. Ficou fulo. Fomos ao Mac, onde 2 menus custam à volta de 16 dólares.

 

Times Square

 

Das coisas que só se vêem por lá...

 

 A pirosice de luxo

 

 

Demos mais umas voltas e voltamos a apanhar o metro Uptown. Já era quase meia-noite, mas foi tranquilo o regresso ao apartamento. Do metro até lá são cerca de 5 minutos e não sentimos medo rigorosamente nenhum.

 

O quarto com cama kig size (a foto não demonsta a monstruosidade) que não me deixava chegar com os pés ao chão; tinha que me atirar da cama abaixo. literalmente!

 

O quarto, aos pés da cama

 

WC

 

WC (em frente à porta onde estão as toalhas, havia uma outra, que dava para um género de despensa, onde havia um frigorífico, microondas, copos, pratos, chávenas, etc)

 

Faltou a ida ao Guggenheim que estava planeada, por ser o dia gratuito, mas com tanto imprevisto ficou de fora.

 

 

 

publicado por fraufromatlantida às 09:55
link do post | mergulhar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar na Atlântida

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.mergulhos recentes

. Não ter onde cair morto -...

. O encontro com "myself"

. Voltando à história do ca...

. Troika negoceia Verão com...

. O meu dia de ontem...

. Sobre a adopção por casal...

. Sou Benfica!!!!

. Afinal deu frutos!

. A Peregrinação

. Acerca dos (escandalosos)...

.arquivos

. Setembro 2014

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. A Gaffe recortada

. Quem é que estava velho, ...

.atlantes

.Mergulhadores

blogs SAPO

.subscrever feeds