Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Fim/Início de Ano

Este ano fui à aventura! Costumo passar o ano com bastante gente conhecida e alguns amigos, mas este ano ficámos reduzidos a 3, por opção! Fomos para um monte alentejano, perto de Alcáçovas! Era suposto ser uma festa para amigos mais chegados, mas a palavra começou a passar de boca em boca e muita gente, amigos de amigos de amigos, sentiu-se entusiasmada com a ideia: 4 dias de "retiro"!!!

 

Já não houve espaço para nós no Monte - nem para muitos mais, já que, só na noite de Passagem de ano éramos 200 - pelo que tivemos que ficar mesmo na vila. As vantagens foram o estarmos fora do centro de actividades, com toda a algazarra e barulho que isso implica, e o facto de as nossas instalações serem melhores. Como desvantagens tínhamos o estarmos fora do centro de actividades (é verdade, as duas faces da mesma moeda), já que isso implicou termos que pegar no carro para ir para o "centro de convívio" e novamente para regressarmos - normalmente já com algum álcool no sangue, o que também não joga a favor - e não podermos ir rapidamente ao quarto fazer fosse o que fosse.

 

A Comissão Organizadora foi fantástica!! À chegada, eram-nos colocadas pulseiras com cores diferentes consoante os dias que ficássemos, eram identificados os carros, devido ao parqueamento, e inscrevíamo-nos para as actividades programadas: corrida de karts, visita a umas caves e paint-ball. Só houve uma coisa contra: S. Pedro!!! Este capricho do Senhor das Chaves acabou por não correr tão mal... A verdade é que, muitos de nós, só se conheceu lá. Apesar de haver grupos grandes, ninguém conhecia toda a gente. Se o tempo tivesse permitido, lá teríamos nós ido para o local das actividades, onde permaneceríamos mudos e quedos, uma vez que a condução individual e o disparar tiros não permitem o diálogo. A única excepção seria, concerteza, a ida às caves, onde até Baco teria dado um valente empurrão na confraternização...!!

 

Houve poker, matraquilhos, jogo de dardos, pingue-pongue, cartas e jogos de grupo. Houve muito boa disposição, poucas horas de sono, muita dança, muito convívio... Agora... há saudade...

 

P.S.: Mas ainda bem que tenho saudades, por dois motivos: o primeiro é que foi bom, e por isso deixou este mui nobre sentimento, o segundo... é que estou viva! E mais do que a felicidade óbvia que alguém tem de estar vivo! É que estive quase para não passar das primeiras horas de 2009...

 

publicado por fraufromatlantida às 17:39
link do post | mergulhar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar na Atlântida

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.mergulhos recentes

. Não ter onde cair morto -...

. O encontro com "myself"

. Voltando à história do ca...

. Troika negoceia Verão com...

. O meu dia de ontem...

. Sobre a adopção por casal...

. Sou Benfica!!!!

. Afinal deu frutos!

. A Peregrinação

. Acerca dos (escandalosos)...

.arquivos

. Setembro 2014

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. A Gaffe recortada

. Quem é que estava velho, ...

.atlantes

.Mergulhadores

blogs SAPO

.subscrever feeds